Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Pata na estrada

6 perguntas para se fazer antes de levar o pet em viagens

Redação Bonde com assessoria de imprensa
20 dez 2023 às 09:40
- Freepik
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Levar o pet nas viagens de final de ano é uma iniciativa eficaz para mantê-lo próximo e não gerar estresse ou tristeza causado pela distância dos tutores por longos períodos. Há quem precise deixar o cãozinho em hotéis ou com pet sitters, mas, se houver possibilidade, ter o bichinho acompanhando, os ótimos momentos de integração e diversão entre amigos são garantidos.


Entretanto, é preciso se organizar e tomar cuidados para que essa experiência seja tranquila e positiva para o pet e para o momento de descanso dos tutores.

Pensando nisso, separamos as principais perguntas que devem estar no check-list das famílias que querem levar seus melhores amigos nas viagens, confira:

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


QUANDO FOI FEITO O ÚLTIMO CHECK-UP?

Leia mais:

Imagem de destaque
Nesta sexta

Londrina terá ação educativa com crianças para combater a violência contra animais

Imagem de destaque
Nova pesquisa

Amantes de pets, londrinenses gastam, em média, R$193,30 mensais com cãozinho

Imagem de destaque
ExpoPet

ExpoLondrina permite entrada de animais domésticos pela primeira vez

Imagem de destaque
5 de abril

Dia do filho: saiba por que os pets estão sendo considerados membros da família


A recorrência dos exames de rotina garante e mantém o bem-estar do pet, assim como a prevenção de doenças. Antes de viajar, confira quando foi o último check-up; caso não seja recente, marque uma consulta com antecedência para não ser pego de surpresa com alguma condição mais séria durante as férias.

Publicidade


Para se prevenir em questões mais complexas e imprevistas, procure saber onde ficam as clínicas veterinárias perto do seu endereço de destino e salve os telefones de contato para emergências.


Imagem
Saiba como garantir o bem-estar de seu pet durante as festas de fim de ano
O cenário se repete com a chegada do mês de dezembro: as famílias se organizam e fazem todo o planejamento para a tradicional reunião nas festas de fim de ano. Todo mundo está incluído: pai, mãe, filhos, avós, netos... e os pets.


AS VACINAS ESTÃO EM DIA?

Publicidade


Também na lista de prioridades, as vacinas são fundamentais para preservar a saúde do bichinho. Conferir se a carteirinha de vacinação e os vermífugos estão em dia é importante, pois, assim, é possível atualizá-los antes de colocar o pé na estrada, além de cuidar para não atrasar nenhuma dose importante durante o período que está fora. Além disso, vale pesquisar se a cidade de destino está com algum requisito importante em relação à vacina dos pets. 


O DESTINO É PET-FRIENDLY?

Publicidade


Embora cães sejam bem-vindos em diversos tipos de estabelecimento, alguns ainda têm restrições. Antes de viajar, tenha certeza que o local aceita pets, seja na hospedagem, pontos turísticos, e até mesmo nas praias que pretende visitar, pois algumas possuem leis específicas sobre o tema. 


Imagem
Pets: calor excessivo exige atenção com os animais de estimação
O calor não interfere somente na rotina das pessoas. Os pets também precisam de cuidados redobrados.


ESTOU LEVANDO O ESSENCIAL PARA DEIXAR MEU PET À VONTADE?

Publicidade


Alguns cães podem se sentir estressados quando tirados da sua zona de conforto e ao entrarem em contato com espaços e pessoas diferentes da rotina com a qual estão habituados. Por isso, levar brinquedos, a cama, snacks, recipientes de água e ração, mantinhas e demais acessórios que o aumigo conhece ajudam a mantê-lo à vontade e se sentindo seguro no novo espaço.


O BEM-ESTAR DO MEU PET ESTÁ GARANTIDO?

Publicidade


Para garantir a proteção do bichinho, uma alternativa é usar coleiras de identificação com nome e número do tutor, para caso o cachorrinho se perca ou haja algum outro problema. Além disso, é imprescindível usar sempre coleira, ou peitoral, e guia.


Imagem
Passeios com cães e gatos: como garantir a segurança
Muito além de proporcionar bem-estar aos amigos de quatro patas, os donos de pet precisam se atentar à segurança durante os passeios na rua e o respeito pelo direito de ir e vir da comunidade.


O PET ESTARÁ CONFORTÁVEL E SEGURO DURANTE A VIAGEM?


Um dos principais pontos de atenção antes de viajar é certificar a segurança do aumigo durante o translado no carro. “Os tutores devem estar atentos e alinhados com as normas de segurança para transporte de pets em carros de passeio. Verifique os itens obrigatórios e as exigências de trânsito, a fim de garantir a proteção do cãozinho e das pessoas dentro do veículo”, comenta o veterinário do Nouvet.


No caso daqueles que precisarem viajar de avião e queiram levar seus bichinhos, todas as dicas também são aplicáveis, mas é preciso reforçar a atenção com os documentos e procedimentos necessários para o transporte aéreo.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade