26/02/21
PUBLICIDADE
Lucio Flávio
Lucio Flávio
19/12/2019 - 16:06
Imprimir Comunicar erro mais opções
O futuro do futebol do Londrina será definido nos próximos dias. A novela da continuidade ou não da parceria com a SM Sports tem se arrastado desde o fim da série B e novos capítulos só irão prejudicar as partes ainda mais. Não há mais tempo para se esperar e uma decisão precisa ser tomada de forma urgente, sob o risco de atrapalhar ainda mais o planejamento para 2020.

Apesar da relação LEC-SM-Torcida-Cidade ter me parece chegado ao limite, ao ponto que nenhum lado mais suporta o outro, uma rescisão abrupta neste momento não seria bom para nenhum dos lados. Mas não há dúvidas, que se a relação chegar até o fim de 2020, quando se encerra o contrato, não há mais clima nenhum para uma renovação.

O fim da parceria neste momento seria péssimo para o Londrina, que ainda não está preparado para caminhar sozinho e não conseguirá um novo parceiro em pouco tempo. Ruim também será para Sérgio Malucelli, que terá que arcar com valores altos de multa, não terá o que fazer com o seu ótimo CT e deixaria como última impressão o rebaixamento para a série C, manchando o excelente trabalho que fez nos oito anos anteriores.

Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube


A melhor alternativa para os dois lados é cumprir o contrato e fazer do ano de 2020 uma fase de transição. Com alguns ajustes no atual acordo e até algumas concessões, dos dois lados, é possível manter o gestor como o responsável pelo futebol e dar fôlego para que o clube avance nas negociações com possíveis outros parceiros ao longo do próximo ano visando novos investimentos no futuro.

As cobranças e a pressão natas do futebol desgastam e cansam que está a frente de um projeto. Este é o motivo principal que desanima neste momento o gestor a seguir no LEC, além das criminosas ameaças que têm recebido e que fazem com que a sua família não queira mais a sua continuidade no futebol.

Mas o Londrina ainda continua sendo a melhor opção para Malucelli. Esqueça o Paraná. Inteligente como é, o empresário não vai assumir um clube endividado, com poucas fontes de recursos e sobre um caldeirão fervente no campo político.

A única coincidência entre os clubes é a dificuldade de buscar verbas. Malucelli tem um campo pouco minado por aqui, sabe que a melhor opção para o seu CT é incluí-lo em uma possível negociação do LEC com investidores estrangeiros e ainda terá a chance de fechar o contrato por cima.

Com uma equipe competitiva em 2020, poderá voltar ao patamar de 2019, com uma série B, e chegar no final do ano com a sensação de dever cumprido. E sairia por cima, apesar de uma pequena minoria, aquela que só sabe reclamar e achar defeito em tudo, e deixaria o clube em outro patamar.

Leia também

Definição do rebaixamento do Londrina fica para 2020

Londrina tem caminho complicado na Copa do Brasil

E o Londrina que trate de se agilizar no ano que vem e, assim como afirmou o novo presidente Felipe Prochet, faça o dever de casa porque uma hora a parceria atual vai acabar e o clube terá que estar pronto.

Claro que inúmeros avanços foram registrados nos últimos noves anos na parte administrativa, financeira e organizacional. Mas o clube poderia ter evoluído mais, sobretudo para melhorar sua estrutura física, além de ter criado mecanismos para não ter permitido um distanciamento tão grande entre clube e torcida.

Mas, apesar do ano ter acabado de forma ruim, o Londrina tem uma situação privilegiada e até invejada por muitos clubes. É um time saneado, sem dívidas e com um calendário nacional para o ano todo. O cenário é muito positivo, resta saber como o clube saberá usar estes atributos para continuar crescendo e não voltar aos tempos nebulosos de dez anos atrás.
COMENTÁRIOS
Paulo Gregório
Naturalmente o caro Gilberto que pediu fora Malucelli tem alguma ideia genial para o Londrina. Não é?
(1) - 24/12/19 21:47:44
M MORI
SM Sports, ruim com ele pior sem ele. Essa é a situação do pobre futebol do Tubarão que um dia foi de glórias com grandes apresentações e conquistas!
(3) - 20/12/19 08:54:36
De Paula
Traders esportivos trabalham com compra e venda de possibilidades (odds) de um resultado em uma partida de determinada modalidade esportiva. Trading Esportivo é uma solução interessante tanto para quem busca uma renda extra, quanto uma nova forma de sustento. É possível lucrar com o trading esportivo em poucas horas. Acesse bit.ly/bolsadosesportes e saiba mais...
(1) (6) - 19/12/19 23:26:43
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Lucio Flávio
 
Formado em Comunicação Social/Jornalismo. Repórter da Rádio Paiquerê AM desde 1997 e da Folha de Londrina desde 2012. Participa de coberturas esportivas nacionais e internacionais



Sites Sugeridos
 
ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
 
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados