Pesquisar

Canais

Serviços

Fonte: www.ceciam.com/bg-red-medica/

Como escolher uma boa clínica de reabilitação?

CV Bonde
17 dez 2021 às 15:56

Procurar por ajuda em uma clínica de reabilitação, quando um amigo querido ou familiar está passando por problemas relacionados ao consumo de drogas, pode ser uma missão cansativa e muito angustiante.


Escolher um local apropriado para a recuperação, que zele pela segurança e o bem estar do paciente, e o ajude a livrar-se definitivamente do vício, com certeza passa bem longe de ser uma tarefa fácil.


Contudo, o tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível, tendo em vista que o usuário poderá perder o controle, e acabar colocando sua própria vida e a segurança de seus familiares em risco, se a decisão for prorrogada.


Neste artigo, tentaremos esclarecer alguns pontos importantes sobre a conduta que deve ser aplicada por uma boa clínica de recuperação / reabilitação, além dos detalhes a serem observados para se encontrar instituições sérias, que realmente podem ajudar na luta contra o vício.


Vale ressaltar, que é possível ter acesso ao tratamento gratuito em instituições governamentais existentes no país, mas as vagas são limitadas, e a fila de espera pode ser uma desvantagem.


Cabe aos amigos e familiares, entenderem que existe a necessidade de uma intervenção terapêutica, e nesses casos, deve-se buscar pela orientação de um médico geral, em uma Unidade Básica de Saúde (UBS).


Este profissional está apto para avaliar a situação e definir uma estratégia específica para o caso, encaminhando o paciente para instituições que poderão ajudar no tratamento, e até mesmo com uma possível internação.

Os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), são um bom exemplo de instituições governamentais que podem auxiliar positivamente na recuperação do usuário.


Estes locais ficam abertos todos os dias e contam com uma equipe especializada, que fará o acompanhamento, e poderá disponibilizar ferramentas para que o indivíduo se sinta capaz de voltar às suas atividades com mais saúde.

Os cuidados ao se procurar por uma boa clínica de reabilitação

Existe ainda, a possibilidade de se procurar por uma clínica particular especializada no tratamento de dependentes químicos. Essas instituições garantem que o paciente não tenha contato com qualquer tipo de droga, exceto os medicamentos utilizados no tratamento.


A internação nesses locais pode ser parcial, onde o paciente fica na instituição apenas durante o dia, ou integral, quando a pessoa sai apenas quando estiver completamente recuperada.


Existem excelentes clínicas de reabilitação espalhadas pelo país, com ambientes preparados, tanto no sentido estrutural, quanto em relação à equipe multidisciplinar, que podem acolher o paciente e disponibilizar um tratamento individualizado.


Contudo, vários aspectos precisam ser observados e avaliados com relação à confiabilidade de uma clínica de reabilitação, a fim de se concluir se a mesma tem a real capacidade de atuar positivamente na recuperação de dependentes químicos.

Quanto ao licenciamento

Um dos principais pontos que devem ser levados em consideração na hora de avaliar se uma clínica de reabilitação está apta para internar e tratar pacientes, é o fato de ela possuir ou não, a licença exigida pela legislação.


Não se pode confiar em uma instituição que não tenha o credenciamento necessário para atuar na reabilitação de dependentes químicos, uma vez que cada estado possui suas próprias diretrizes para esse tipo de atividade.


Para isso, deve-se fazer uma consulta junto ao governo estadual onde a instituição de reabilitação atua.

Quanto à credibilidade

O próximo passo é a busca por referências sobre a credibilidade da clínica de reabilitação, consultando pessoas que já utilizaram o serviço, ou tiveram familiares que se trataram na instituição.

Além disso, atualmente é possível verificar diversas avaliações na internet, que tem se mostrado uma ferramenta essencial para se acompanhar a opinião geral dos pacientes, com respeito ao local e aos serviços prestados.


Uma boa pesquisa online pode ceder informações importantes na hora de saber se a clínica cumpre a função que promete, ou mesmo se trata seus pacientes de forma humanizada.


De fato, a internet ajudará nesta busca de maneira acelerada e remota, onde será possível ter a visualização de imagens e fotos do local, ou até mesmo através de visitas online e agendamentos para consultas à distância.


Vale lembrar que as referências podem partir de fóruns e páginas de redes sociais, que avaliam as condições e compartilham suas experiências para auxiliar outras pessoas que estão passando pelo mesmo problema.

Quanto aos protocolos e métodos de tratamento

Cada instituição possui seus próprios protocolos elaborados para tratar os pacientes, entretanto é necessário se levantar quais são os oferecidos pela clínica de reabilitação onde o usuário será internado.


De modo geral, existe uma similaridade entre os métodos de tratamento, como no caso da fase de desintoxicação, além do acompanhamento terapêutico e do aconselhamento psicológico.


O que varia são as formas como o aconselhamento irá ocorrer, como no caso dos grupos coletivos, bem como a terapia individualizada, que é proposta por um consenso entre os profissionais da

alimentação balanceada


Existem locais que oferecem um plano individualizado, composto por uma alimentação balanceada, bem como pela prática de atividades físicas e mentais, meditação e até mesmo a ioga.

Quanto à equipe multidisciplinar

A dependência química é uma doença crônica que precisa ser tratada de forma individualizada, com base no contexto biológico, psíquico e social, responsável pelo seu desenvolvimento.

Por conta disso, o tratamento precisa ter uma abordagem elaborada desde o primeiro momento, por uma equipe multidisciplinar, que deve ser composta por médicos psiquiatras e clínicos gerais, além de psicólogos, nutricionistas, educadores físicos, entre outros.


Estes profissionais são especializados e atuam na aplicação do programa terapêutico, partindo de cada caso em específico, uma vez que o contexto de cada indivíduo sempre será diferente.


O trabalho dessa equipe em relação a rotina do paciente, como o incentivo a prática de atividades físicas, alimentação saudável, melhora na qualidade do sono e até mesmo em questões relacionadas à espiritualidade, tem se mostrado determinantes para uma recuperação sustentável.


Da mesma forma, é possível pesquisar sobre o trabalho que os profissionais envolvidos na equipe da clínica de reabilitação vêm desenvolvendo nos últimos anos, e se eles estão verdadeiramente aptos para lidar com esse tipo de paciente.


Deve-se procurar informações sobre quantos e quais são os profissionais que compõem essa equipe, além do tipo de assistência que será prestada por cada um deles.


Com certeza não será um caminho fácil de se percorrer, mas depois desse conteúdo, esperamos que essa jornada se torne um pouco menos cansativa daqui em diante.

Continue lendo