08/03/21
PUBLICIDADE
Lucio Flávio
Lucio Flávio
01/10/2020 - 21:10
Imprimir Comunicar erro mais opções
O Londrina fez o seu melhor jogo na série C e não merecia perder em Brusque. No entanto, no futebol nem sempre a justiça prevalece. Assim como o LEC já ganhou partidas que não mereceu, desta vez foi derrotado de forma injusta por 2 a 1.

O LEC teve mais posse de bola, volume ofensivo e finalizou mais que a soma de todos os outros jogos. Foram 24 arremates durante o jogo. Só o Matheus Bianqui finalizou quatro vezes com perigo. Se o ataque melhorou, a zaga falhou novamente, assim como em Tombos.

O sistema defensivo errou nos dois gols do time catarinense. Se nas seis rodadas iniciais o Londrina havia sofrido apenas três gols, agora tomou quatro nas últimas duas partidas. E isso foi determinante para a segunda derrota seguida.

Nos dois gols do centroavante Garcez, aos 20 e aos 27 do primeiro tempo, Dalton salvou no primeiro lance, mas ninguém acompanhou o rebote e o atacante teve facilidade para marcar. No entanto, no primeiro gol o jogador catarinense estava muito impedido, mas o auxiliar não marcou. E tem gente que é contra o VAR.

Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube - Carlos Henrique voltou a ser titular após quase um ano e marcou pela primeira vez em 2020
Carlos Henrique voltou a ser titular após quase um ano e marcou pela primeira vez em 2020


Matheus Bianqui fez grande jogo. Adenílson também foi bem. Carlos Henrique apareceu bem para marcar de cabeça aos 30 minutos. Depois de quase um ano o centroavante voltou a ser titular - Júnior Pirambu sentiu uma lesão no aquecimento - e marcou o primeiro gol em 2020. Ainda está longe da forma física ideal, mas tem futebol para ser o camisa 9 alviceleste.

O Londrina também foi melhor no segundo tempo e exigiu boas defesas do goleiro Zé Carlos, ex-LEC. Alemão foi ousado e com as entradas de Fábio Matos, Raí Ramos e Vágner deixou o time ainda mais ofensivo. Faltou pouco para buscar pelo menos o empate, que seria o resultado mais justo.

Houve evolução do time. Resta saber se é apenas um lampejo ou uma tendência de crescimento mesmo. Para confirmar isso tem que manter o ritmo contra o Volta Redonda no domingo. E se ganhar no Café, fecha o primeiro turno no G4, com 14 pontos, metade da pontuação necessária para se classificar para a segunda fase.
17/09/2020 - 21:13
Imprimir Comunicar erro mais opções
O futebol não agradou, mas valeu por mais uma vitória. O Londrina ganhou no sufoco do São José por 1 a 0 e chegou a sua terceira vitória consecutiva no estádio do Café. O gol saiu aos 44 minutos do segundo tempo depois que Danilo sofreu pênalti e Adenílson cobrou bem para deixar o LEC no G4, com 11 pontos.

O LEC até começou bem com a velocidade de Victor Daniel e Igor Paixão. Mas o time logo não conseguiu sair mais da marcação do São José e criou pouco. Com Adenílson e Matheus Bianqui discretos, o Alviceleste quase não chegou.

A única finalização na direção do gol foi de Victor Daniel, aos 35 minutos do primeiro tempo. Vitinho foi o que mais tentou e incomodou a defesa adversária.

Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube


Apesar das cinco alterações no segundo tempo, o time caiu ainda mais de produção e viu o São José ser melhor em campo. O centroavante Gonzalo perdeu a melhor chance ao finalizar para fora de dentro da pequena área.

Se faltou bola, não faltou vontade, disposição e o LEC acreditou até o fim. E na série C isso as vezes vale muito. Outro ponto importante da vitória foi a força que o time está mostrando no Café. São dez pontos conquistados em quatro jogos. Ganhar em casa é fundamental nesta competição.

Ao torcedor, não adianta esperar grandes atuações e jogos agradáveis. Raramente isso vai acontecer. Então comemore mais uma vitória, a entrada no G4 e torça para que o time melhore para o sofrimento não ser tão grande.
05/09/2020 - 17:25
Imprimir Comunicar erro mais opções
Gustavo Oliveira/LEC
Gustavo Oliveira/LEC


Um dos jogadores mais contestados e cobrados pela torcida, o zagueiro Marcondes garantiu a vitória do Londrina por 1 a 0 sobre o São Bento, na tarde de sábado (5), no estádio do Café, e colocou o time pela primeira vez no G4 da série C, com oito pontos.

O primeiro tempo foi quente só fora de campo. Com muito sol e uma temperatura de 33º graus, o jogo foi morno nas quatro linhas.

O LEC foi muito lento e preguiçoso e ficou atado na marcação do São Bento. Na prática houve uma boa chance para cada lado. Ruan pegou de primeira e obrigou Dalton a fazer grande defesa. Pelo Alviceleste, Fábio Matos finalizou perigosamente e Lucas Macanhan defendeu.

Alemão fez três alterações no intervalo - entraram Bidia, Igor Paixão e Victor Daniel - e o time voltou com mais força ofensiva e conseguiu pressionar mais o adversário.

Apesar de não ter sido brilhante como na esteia, Adenílson mostrou mais uma vez muita qualidade na bola parada. No primeiro tempo, o camisa 10 cobrou quatro escanteios seguidos com muito perigo.

E foi assim que saiu o gol salvador aos 26 minutos. Adenílson cobrou da esquerda, o zagueiro Jeferson cabeceou e obrigou o goleiro paulista a fazer grande defesa. No rebate, seu companheiro de zaga, Marcondes estufou as redes do rival. Segundo gol de Marcondes na série C. O zagueiro é o artilheiro do time ao lado de Júnior Pirambu.

A atuação no foi brilhante, longe disso. Até por isso, o Londrina sofreu uma grande pressão no final e sofreu para segurar a vitória. Mas o mais importante foi a garantia dos três pontos e uma segunda vitória seguida no Café, o que dá mais confiança para o time para a sequência da série C.
31/08/2020 - 15:42
Imprimir Comunicar erro mais opções
Herói da primeira vitória do Londrina na série C, o centroavante Junior Pirambu esteve próximo de deixar o LEC nos últimos dias. O Brusque, de onde o
Alviceleste trouxe o jogador em 2019, procurou o Tubarão em uma tentativa de levar o atacante de volta para Santa Catarina.

O Brusque é um dos adversários do LEC no grupo B do Brasileiro. O Londrina não quis abrir negociação por entender a importância de manter o centroavante no seu elenco. Pirambu marcou os dois gols do LEC na vitória de domingo (30) por 2 a 0 sobre o Boa Esporte.

Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube


No entanto, a informação que veio do Brusque é que o negócio só não ocorreu com o LEC em razão de uma proposta que o atacante tem para jogar fora do país. Procurado pelo Blog, o gestor Sérgio Malucelli, negou qualquer negociação. "Não tem nada concreto. São apenas sondagens".

O empresário do jogador, Genivaldo dos Santos, confirmou que um clube dos Emirados Árabes tem interesse em contratar o centroavante. "Uma carta de intenções deve chegar nos próximos dias. A oferta é para um contrato de quatro anos com o jogador e a negociação pode chegar a US$ 2 milhões", afirmou o proprietário da Gênio Sport. Pirambu tem contrato até 2021 com o LEC, que detém 100% dos seus direitos econômicos.

A agência tem bom trâmite no CT da SM Sports e administra a carreira de vários jogadores que integram o elenco do LEC nesta série C. Além de Pirambu, a empresa agencia os meias Adenílson e Caíque Valdívia, o volante Chicão Amorim e o atacante Edrean.
30/08/2020 - 17:38
Imprimir Comunicar erro mais opções
Bastaram 45 minutos para Adenílson confirmar toda a badalação em torno da sua contratação. O meia estreou com a camisa do Londrina e entrou no intervalo para ser o dono do jogo na vitória por 2 a 0 sobre o Boa Esporte, a primeira do Tubarão na série C.

Adenílson deixou duas vezes Júnior Pirambu na cara do gol e o centroavante não desperdiçou. Bastante criticado o atacante mostrou que pode ser o dono da camisa 9 se tiver alguém para municiá-lo. O jogo no estádio do Café mostrou que pode estar
nascendo uma boa dupla alviceleste no Brasileiro. O arco e a flecha.

O técnico Alemão foi ousado ao colocar Adenílson no lugar do capitão Escobar e voltar para o segundo tempo sem nenhum volante de ofício. Foi recompensado. Depois de um primeiro tempo de domínio de jogo, mas sem força ofensiva, o LEC foi muito mais vertical e objetivo no tempo final.

Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube - Adenílson estreou no Londrina e foi o nome do jogo na vitória contra o Boa
Adenílson estreou no Londrina e foi o nome do jogo na vitória contra o Boa


Adenílson entrou com liberdade e se movimentou por todos os setores do meio-campo. Logo na primeira bola arriscou para o gol. No lance seguinte, fez um lindo passe na diagonal para Pirambu, que invadiu a área pela lado direito e bateu no canto esquerdo do goleiro Renan Rocha.

Na segunda assistência, Adenílson estava na meia-esquerda e achou o camisa entre os zagueiros. Pirambu ainda teve tranquilidade para driblar o goleiro e fechar o placar.

Foram só 45 minutos, mas Adenílson mostrou qualidade e foi um meia que o torcedor do Londrina não via há muito tempo. Tem tudo para repetir o que fez no Paranaense e ser o grande jogador do LEC na série C.

Londrina quebra uma sequência de nove jogos em vencer, vai a cinco pontos, se distancia da zona de rebaixamento e ganha confiança para mais dois jogos seguidos no estádio do Café.
Lucio Flávio
 
Formado em Comunicação Social/Jornalismo. Repórter da Rádio Paiquerê AM desde 1997 e da Folha de Londrina desde 2012. Participa de coberturas esportivas nacionais e internacionais



Sites Sugeridos
 
ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
 
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados