09/12/19
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Isabel Furini
Isabel Furini
11/10/2019 - 10:57
Imprimir Comunicar erro mais opções


Permanece até 20 de outubro, no MINIGUAÍRA, em Curitiba, a Peça Sete. O texto de Dione Carlos é inspirado na história real da advogada líbia Eman al-Obeidi que invade um hotel e denuncia ter sido sequestrada por quinze soldados. A peça fica em cartaz até dia 20 de outubro, de quarta a domingo.

Entrevistada por Jose Nunes, a autora Dione Carlos revela seus hábitos para escrever: "Escrevi de madrugada por muitos anos, por causa do silêncio da noite, mas tenho escrito em outros períodos também. Preciso de isolamento e música para escrever.

SETE traça um paralelo com a violência cometida contra mulheres em todo mundo: pode ser contra as ancestrais indígenas e negras, ambas escravizadas nas mãos dos colonizadores ou as mulheres judias em campos de concentração ou, ainda, as meninas mantidas em cativeiro pelo tráfico no Rio de Janeiro, Bósnia, Congo, Índia, Brasil...

CONJUNÇÃO CÓSMICA
Peronne também gosta de pensar SETE como "uma conjunção cósmica com a psiquê humana. SETE pulsa no universo como um pedido de justiça. Um texto providencial nos dias de hoje. É para catapultar emoções num universo realista não muito distante do que estamos vivendo hoje. Para nos fazer renascer e ir para frente nesse mundo em que se vive no limiar do humano”.
Além das apresentações, estão previstas palestras sobre os temas que permeiam a peça como violência e opressão.
No palco, os atores Ana Paula Taques, Erica Colognezi, Geisa Costa, Gideão Ferreira e Leonardo Goulart. Basicamente, não há personagens, mas vozes/figuras. Também não há linearidade dramática. Há paisagens. Em alguns momentos o que se pode definir por"cosmovisão anímica” ganha o palco. É possível conceber a voz e a alma de objetos inanimados como uma faca ou uma banheira.
SERVIÇO
SETE
Data: 03 a 20 de outubro
Horário: quarta, quinta e sexta, às 20h
sábado, às 18h e 20h
domingo, às 17h e 19h
Local: MINIGUAÍRA
Rua Amintas de Barros, s/nº
Ingresso:R$ 15 (inteira) R$ 7,50 (meia) . Venda no local ou no site Ticket Fácil: http://www.ticketfacil.com.br/
Classificação indicativa: 14 anos

Local: MINIGUAÍRA
Rua Amintas de Barros, s/nº, Curitiba

Ficha técnica:
Texto: Dione Carlos
Direção: Thadeu Peronne
Elenco: Ana Paula Taques, Erica Colognezi, Geisa Costa, Gideão Ferreira e Leonardo Goulart
Iluminação: Rodrigo Ziolkowski
Música original: Harry Crawl
Criação de figurinos e cenário: Paulinho Maia
Preparação corporal: Carmela Ferraz
Projeção mapeada e vídeos: Alan Raffo
Fotos: David D’Visant
Ilustração original: Rony Bellinho
Design Gráfico: Rafael Jubainski
Produção Executiva: Mazé Portugal
Produção: Thadeu Peronne Produções Artísticas
08/10/2019 - 09:25
Imprimir Comunicar erro mais opções
No dia 12 de outubro, a partir das 13h30, acontece o I Encontro Regional Mulherio das Letras,na Livraria Vertov (Avenida Visconde do Rio Branco, 835, sobreloja - Bigorrilho - Curitiba ). O evento reunirá autoras (poetas, escritoras, tradutoras, pesquisadoras, ilustradoras, editoras, mediadoras de leitura, contadoras de histórias, cantoras, instrumentistas,livreiras, jornalistas e demais artistas e mulheres envolvidas com literatura) nascidas ou que moram no estado do Paraná.
Este é o primeiro encontro realizado no Paraná, que conta com 150 integrantes. O evento é uma prévia do encontro nacional, já em sua terceira edição, a ser realizada em novembro, em Natal, no Rio Grande do Norte.
As homenageadas da versão paranaense são a poeta Helena Kolody, a escritora Maria Valéria Rezende, criadora do Mulherio das Letras e Marielle Franco. Oficina, rodas de conversa, lançamentos de livros e sarau são as atividades previstas para o encontro. Serão discutidas questões como autopublicação, escritas de mulheres. a invisibilidade da mulher na literatura, projetos de mediação de leitura, tradução literária, além de serem lançados 10 livros de autoras parananeses. A #LivrariaMulherio venderá livros de autoras independentes de todo o Brasil. No fim do evento, será realizado um sarau.
Confira a programação e as orientadoras das discussões em https://www.facebook.com/events/492136434700852/ Todas as atividades são protagonizadas por mulheres. Homens são bem-vindos como público ouvinte.
O Mulherio das Letras, criado em 2017, é um movimento feminista literário,agregando autoras interessadas na expressão pela palavra escrita e oral, com adesão de mais de seis mil mulheres brasileiras residentes no Brasil e no exterior, e se propõe a discutir as questões da mulher nas áreas da arte e da cultura.



Página do grupo nacional
https://www.facebook.com/mulheriodasletras/
Instagram
https://www.instagram.com/mulheriodasletras_oficial

Ficha técnica
Coordenação geral : Marilia Kubota
Assessoria : Ana Paula Almeida, Etel Frota, Jane Sprenger Bodnar, Joyce Muzi e Tatjane Albach
Coordenação gráfica : Maíra Fernandes Costa
Fotografia: Luiza Day e Monica Iachmann
Instagram: Gabriela Ane Dresch
LivrariaMulherio: Silvia Schmidt



PROGRAMAÇÃO (Pode ser alterada até o início do evento)

13h 30
Apresentação
Livraria Vertov - Socorro Araújo
Mulherio das Letras - Marilia Kubota
#LivrariaMulherio - Sil Schmidt

14h
Apresentação Danças & Repentes
Luciana do Rocio Mallon e Regina Bostulim

14h30 a 16h
Oficina de autopublicação (colaborativa)
Lua Bueno Cyriaco
14h30 a 16 h
Roda de conversa Mediação de leitura
Emanuela Siqueira, Rosselani Giordani, Tatjane Albach
16h a 17 h 30
Roda de conversa A invisibilidade da mulher na escrita
Bebeti do Amaral Gurgel, Cleonice Alves Lopes-Flois, Wael de Oliveira
16h a 17h30
Roda de conversa Escrita de Mulheres
Desirée dos Santos, Jessica Stori, Joyce Muzi, Natasha Tinet, Vanessa C. Rodrigues
16h a 17h30
Roda de conversa tradução
Antoniele Luciano, Miriam Adelman, Mariângela Guimarães,

17h30- Intervalo
Café com bolo

18h
Lançamentos
Contos de fada Efigênia - Adélia Maria Lopes (Cultural Office)
O Cortiço do Poeta - Ana Campos (Clube de Autores)
Vasto Trovar - Clarissa Loyola Comin (Benfazeja)
Mahadevi - Dani Leela e Etel Frota (Kotter)
Estações da Alma - Gracila Sanjutá
Como escrever um livro - Isabel Furini (Sangres Editorial)
A rosa daqui - Luci Collin (Iluminuras)
Lâmina - Márcia Friggi (Kotter)
Quem derra o sanguefosse só o da menstruação- org. Débora Ribeiro e Maíra Vasconcelos - (Urutau). As curadoras serão representadas pelas autoras Ana Luiza Oliveira, Ju Lopes e Neysi Oliveira

19h
Sarau
Apresentação: Etel Frota
Homenagem à Helena Kolody, com participação especial de Rogéria Holtz
Valsa para Helena Kolody ( Etel Frota)

Adriana Barreta de Almeida
Dany Nascimento
Gabriela Ane Dresch
Jane Sprenger Bodnar
Paulinha Almeida
Silvia Schimidt
Siomara Reis Teixeira
Stela Siebeneichler
Tabatha Colossi
Telma Srour
Marchinha (Zoe de Camaris)

20h 30 Microfone Aberto
21 h Encerramento

Durante todo o evento a LivrariaMulherio estará vendendo livros dos lançamento e de autoras do Mulherio das Letras do Brasil todo.
Todas as atividades do encontro são protagonizadas por mulheres. Homens são bem-vindos como público ouvinte.
05/10/2019 - 06:21
Imprimir Comunicar erro mais opções
Enquanto a chuva caía
Muito me doía
Ao ver teus rastros
Se apagando na areia.

Daniel Mauricio


Fotografia de Isabel Furini
Fotografia de Isabel Furini
29/09/2019 - 18:01
Imprimir Comunicar erro mais opções
A Prefeitura Municipal de Castro realizou através da Diretoria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Cultura as Homenagens aos Valores da Terra

"Reconhecimento às pessoas que deixaram e deixam sua contribuição para rica História de Castro-Paraná,"

As apresentações foram feitas pelo Secretário da Cultura- Augusto Beck e pela Diretora da Casa de Sinhara - Amélia Podolam. A entrega das flores e do troféu para Maria Antonieta Gonzaga Teixeira foi pela Superintendente da Cultura Gisele Ávila Coradasssi.

As homenagens aos "Valores da Terra" foram em junho e continuarão ainda, neste ano ou princípio do outro, no dia do Lançamento do Guia de Castro, que ainda está sem data agendada.

Maria Antonieta Gonzaga Teixeira é uma das homenagedas e recebe flores.
Maria Antonieta Gonzaga Teixeira é uma das homenagedas e recebe flores.
26/09/2019 - 17:28
Imprimir Comunicar erro mais opções
Setembro foi de poesia e de homenagens para o reconhecido poeta maringaense Jaime Vieira. Ele é poeta, professor, palestrante e batalhador incansáveis das letras. Em 24 de setembro, recebeu Medalha de Mérito Cultural do Projeto Poetizar o Mundo, criado pela poetisa Isabel Furini, na UEM, onde ela palestrava sobre produção poética, convidada pelo SESC (38º Semana Literária SESC e Feira do Livro).



Ontem, 25 de setembro Jaime Vieira recebeu uma homenagem no XXIII Festival Internacional de Corais que está acontecendo do dia 25 ao dia 28 de setembro em Maringá, no teatro Caliu Haddad. Jaime foi convidado para declamar seus poemas ontem,hoje, amanhã e depois de manhã, antes da apresentação dos corais.

Jaime Vieira é autor dos livros de poesias Reencanto, Asas, Outonos, Reencantos II, entre outros.

Isabel Furini
 
Isabel Furini, escritora e educadora. Recebeu prêmios em concursos de poesia e de contos. Publicou 15 livros, entre eles: Mensagens das Flores e Ele e outros contos. Também escreve para o público infanto-juvenil. É autora da coleção "Corujinha e os Filósofos" da Editora Bolsa Nacional do Livro de Curitiba.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE